© 2017 Gabi Nery - Todos os direitos reservados 

Sobre mim

Fui uma criança muito sensível, hiperativa e questionadora. Gostava muito do contato com a  natureza, de pedras e cristais, do esotérico e de tudo o que meus olhos não enxergavam mas o meu coração sentia. Era tanta sensibilidade que logo percebi o quanto os animais eram desrespeitados pelos homens e decidi, muito cedo, dedicar todo o meu amor a eles: seria veterinária e vegetariana. Lutar pelos animais era meu combustível e minha maior motivação de vida.

Passei a maior parte da minha vida não entendendo o mundo e também não me sentindo compreendida. Fiz cursos energéticos, li sobre esoterismo e peregrinei no Caminho de Santiago mais de uma vez. Procurava respostas sem nem ter perguntas.

Me sentia diferente e queria me sentir igual. Me podei, me amordacei e me escondi de mim mesma, me transformando em alguém que eu não era. Anos se passaram sem que eu voltasse a questionar sobre a minha existência e sem querer sair da zona de conforto. 

 

Quando me tornei mãe, muitos dos questionamentos antigos voltaram e eu comecei a me perguntar como poderia ensinar minha filha a ser quem ela era, se eu mesma não sabia quem era eu. Ainda não me via como a mãe que minha filha merecia e percebi que precisava voltar a florir, me libertar e me (re)conhecer! Nessa época, eu estava casada, morava na Bahia e estava fazendo doutorado em medicina veterinária.

 

Eu queria mudança mas não sabia por onde começar, ouvia muito dizer no poder da meditação mas achava que não serviria para mim que tenho a cabeça a mil. Um dia resolvi arriscar, afinal, não tinha nada a perder. A meditação foi o primeiro grande passo para encontrar dentro de mim tudo o que eu buscava fora. Emendei um curso no outro de diversas técnicas para me tornar terapeuta de mim mesma. Ouvi meu coração que pedia transformação e, mesmo sendo bombardeada de críticas, mudei toda minha vida: me separei, mudei de estado e de profissão. A zona de conforto começou a ser extremamente desconfortável e comecei a testar todos os meus limites. 

Abandonar minha profissão foi um grande desafio. Foi desistir de um sonho de vida, desistir sobre o que me fazia sentir quem eu era. Mas ao terminar o doutorado, percebi que não havia nenhum emprego que eu me identificasse. Trabalhei em clínica mas me desgastava muito por ver como os animais ficavam tão doentes por conta de suas relações com seus guardiões, como eles absorviam TUDO. Tudo é energia e se nós ficamos doentes por conta do desalinhamento energético os animais de companhia, tão conectados a nós, também ficam. Mas eu, como veterinária, não poderia tratar essa relação, eu não tinha conhecimento de como cuidar dessa relação energética. Queria uma forma de me comunicar com os animais, mas não sabia como. Meu lado científico e extremamente racional não sabia como juntar a Gabi que eu era com a Gabi na qual eu estava me transformando. Doeu mas aceitei o que o Universo apontou como o meu caminho.

Mesmo seguindo o meu coração, eu me sentia completamente despedaçada: eu não me reconhecia mais... Mas ao olhar todos meus caquinhos no chão, percebi que era o grande momento da minha vida: juntaria pedaço por pedaço para construir a Gabi que eu realmente era, sem máscaras, sem fingimentos e muito mais feliz e inteira. Eu já não era mais a de antes, mas ainda tinha muito a aprender sobre mim! Em 2015 comecei a ser atendida com ThetaHealing e foi fundamental no meu processo de cura e autoconhecimento. Foi tão maravilhoso que resolvi me tornar praticante, para que eu mesma pudesse me atender. Que mudança que isso provocou na minha vida! Tive forças e ferramentas para me reerguer, me transformo a cada dia na minha melhor versão, casei novamente, tive outra filha e mudei, mais uma vez, o curso da minha vida.

 

Esta caminhada de desenvolvimento pessoal e espiritualidade me despertou um amor muito grande, por mim e pelos outros. Dedicar este amor apenas aos animais deixou de ser suficiente. Decidi usar a minha vivência e as minhas formações como terapeuta para auxiliar o outro a se autoconhecer, a se curar e a buscar o seu propósito.

No meu caminho encontrei tanta gente que me ajudou e me inspirou a me curar, aprendi tanta técnica que me ajudou nesse processo que o meu trabalho passou a ser a retribuição disso ao Universo: ajudando você na sua busca por você mesmo, na busca pela sua felicidade!

Como ser infinito e ilimitado que somos e compreendendo que TUDO em nossas vidas tem um propósito, depois de alguns anos apenas cuidando do SER humano, consegui unir meus trabalhos e voltei a trabalhar com o SER não humano, os animais. Curando a pessoa, curamos também a relação dela com todos os seres que ela convive. Se eu me curo com a sua cura, isso também se estende aos animais que a gente convive. TUDO está conectado! Estar equilibrado é fundamental para uma boa relação dos guardiões com seus animais. Precisei aprender a sentir a energia das pessoa e a acessar o subconsciente delas, saber de coisas que não são ditas. Saber de coisas que não são ditas? BINGO! Assim, finalmente encontrei uma forma de me comunicar com os animais e, ao mesmo tempo, uma forma de trabalhar a relação homem-animal da maneira que eu acreditava ser importante mas não tinha expertise para isso.

Hoje, entendo que a minha maior contribuição a esse mundo é me colocar à disposição de SER, sem me rotular ou limitar minhas habilidades. E eu sou tantas coisas e ainda posso ser tantas mais! O que mais é possível? Posso ser terapeuta de gente, de bicho e de gente e de bicho ao mesmo tempo! Porque estamos falando aqui de AMOR! 

Em 2018 me tornei instrutora de Thetahealing® e me sinto cada dia mais alinhada ao meu propósito de vida.

 

Gratidão pela sua visita e por unir a sua caminhada à minha! 

Com amor, muito amor,

Gabi Nery

Terapeuta registrada na Associação brasileira dos terapeutas holísticos

CRTH- BR 2428

 

Terapias

Atendimento

presencial

Grupos de Meditação

 

Depoimentos

 

Cursos

DNA BÁSICO

DNA AVANÇADO

MANIFESTAÇÃO E ABUNDÂNCIA

APROFUNDANDO NO DIGGING

VOCÊ E SEU PARCEIRO

TERAPIA MULTIDIMENSIONAL

 

Galeria